PAULO JUNIOR IMÓVEIS

RIO 2016 





A Olimpíada  começou com a cerimônia de abertura no Maracanã no dia 05 de Agosto de 2016. Olhos do mundo continuam no Brasil, mas agora o foco é em uma cidadade, a cidade olímpica. O Rio de Janeiro recebe a primeira Olimpíada do Brasil. A primeira Olimpíada da América do Sul.

Na Copa do Mundo, a alegria e a diversidade tomou conta de cada canto do país com a participação de 736 atletas de 32 países, já podemos imaginar como será com 200 países e quase 10.500 atletas de 41 modalidades, em 2016. Com a grandiosidade do evento, a responsabilidade da cidade olímpica é enorme. 

A gente desenvolveu um planejamento estratégico junto com o Comitê Olímpico Internacional que nos ajudou e nos deu experiência em preparação dos Jogos. Eram mais ou menos 3600 atividades que tínhamos que preparar e nós distribuímos essas atividades ao longo do tempo. Nós estamos cumprindo rigorosamente esses marcos?, garante os organizadores do Rio 2016.

Em evento para os jornalistas, nesta segunda, o prefeito do Rio de Janeiro disse que prefere que o Rio não seja comparado a Londres, que organizou o Olimpiada em 2012, porque a cidade sul-americana está montando infraestruturas que a europeia já tinha, e sim com Barcelona, sede de 1992, já que, como ocorreu na cidade espanhola, os Jogos provocarão uma transformação urbana radical no Rio.

"Estamos gastando cinco vezes mais com o legado do que com equipamentos olímpicos", garantiu Eduardo Paes.

Time Brasil

O Comitê Olímpico do Brasil ressaltou que está dando as melhores condições possíveis para um sucesso não só na organização, como no desempenho do Time Brasil. A meta do COB é conquistar mais 13 medalhas do que nas últimas Olimpíadas de Londres e chegar a 30 no total. Número esse que, segundo estimativas, colocaria o Brasil no top 10 da competição em número de medalhas. 

A gente junta todos os nossos especialistas, em torno de 50 profissionais mais as confederações e eles vão fazendo as expectativas de resultados para os Jogos Olímpicos: pouco provável ganhar medalha, muito provável, improvável.., explica Marcus Vinicius, Superintendente do COB.

Para os atletas, a expectativa de disputar em casa aumenta a responsabilidade. 

A expectativa de medalha sempre existe e sempre existiu. A meta do COB é ambiciosa mas eu acho que ela é realista. O importante é você criar as condições de um maior numero de classes possíveis ter a possibilidade de ganhar uma medalha. Se ela vai ser convertida e se tornar realidade isso depende um pouco da semana. Vela não é um esporte tão racional como natação e atletismo que você sabe que vai fazer naquele tempo", falou Robert Scheidt, bicampeão olímpico.

O Brasil tem uma responsabilidade no vôlei sempre de conquistar medalhas. É um esporte que sempre está trazendo medalha para o Brasil, vôlei de praia, vôlei de quadra. A gente sabe que tem condições de continuar contribuindo com esse quadro para que a gente possa superar as metas que foram colocadas. Eu acredito muito que o Brasil tem condições de superar os últimos Jogos Olimpícos (Em londres, o Brasil ganhou quatro medalhas no vôlei)", conta Fabi, considerada por muitos a melhor libero de todos os tempos que se aposentou da Seleção há um mês.

Hoje a delegação brasileira conta com cerca de 300 vagas garantidas para os Jogos Olímpicos. O COB trabalha com a expectativa de aproximadamente 400 atletas na delegação brasileira. 

Com tanto trabalho pela frente, os dias que faltam até a cerimônia de abertura precisam ser bem aproveitados. A Pira Olímpica será acesa no dia 5 de agosto de 2016, no Maracanã e a Copa do Mundo de 2014 já mostrou que podemos ser muito bons anfitriões. Que comece a contagem regressiva!

FONTE YAHOO


  • Financiamento
  • Simule um financiamento
  • Encomende seu imóvel
  • Não encontrou? Nós procuramos
  • Navegue fácil

    Índices Econômicos